segunda-feira, 29 de junho de 2009

Palestra 'Mercados e Oportunidades: Perspectivas para 2010' - Ibmec/MG

O administrador Rondon Pacheco irá apresentar no dia 30/6 às 19h30 a palestra “Mercado e Oportunidades: Perspectivas para 2010". O evento promovido pelo Ibmec/MG pretende apresentar as tendências e mapear o crescimento de novos mercados após a crise que abalou o país.

O palestrante tem pós-graduação em Administração e Banking, pela Mombushô – Yamanashi-ken, Japão. Foi responsável pela área de mercado de capitais da Fiat Finanças do Brasil. Dirigiu o Banco Bozano Simonsen e BES Securities, atuando nas áreas de pesquisa e Administração de Fundos de Investimentos, de 1994 a 1999. Era responsável pela Gestão de Investimentos do Bozano Simonsen UKLtd. em Londres de 1997 a 1998. Em 1999 foi ganhador do prêmio “Best Research Latin America”, pela Euromoney / LatinFinance.

*********************************************************************************

SERVIÇO

Informações e inscrições para participar do evento pelo telefone: 3247-5757 ou pelo e-mail: contactcenter@ibmecmg.br. A entrada é franca e as vagas são limitadas. A palestra será realizada na Av. Afonso Pena 1964, Edifício Alpha no Bairro Funcionários, bem próximo ao Ibmec.

Informações e inscrições:(31) 3247-5757 ou pelo e-mail: contactcenter@ibmecmg.br
Entrada franca e Vagas limitadas

Data: 30/6 - terça-feira
Horário: 19h30

Siana 2009 - Exposição Narciso

1maginari0.blogspot.com A exposição NARCISO do grupo 1maginári0 - poéticas computacionais, coordenação de criação de Chico Marinho, faz parte da programação do Siana Brasil 2009.

Release:
Narciso é uma instalação baseada no mito que contempla a relação do homem consigo mesmo e com seu relativo distanciamento da sociedade. Fisicamente a instalação é composta de uma câmera que capta a imagem do usuário e de um sistema de computação/projeção em tempo real que projeta sobre uma superfície de espelho de água a imagem do interator, desenhada por um sistema dinâmico de partículas. Quanto mais movimento o interator fizer mais dispersas ficam as partículas que formam sua imagem, dissolvendo-a como uma espécie de fantasma. Há um sistema de som, (percebido só pelo usuário pela proximidade com o espelho de água) que recita versos em tempo real. Os versos são articulados de modo que quanto mais próximos está o interator mais "egoísta" se torna o contexto da poesia. Ao contrário, quanto mais distante está o interator, os versos se tornam mais "colaborativos e altruístas".

1maginári0:
Grupo abrigado no Laboratório Midia@rte da Escola de Belas Artes da UFMG, em convênio com o grupo de pesquisa Intersignos, dedicado à pesquisa, desenvolvimento e produção em artes digitais, computacionais, poéticas e Interfaces Multimodais.

Chico Marinho:
Chico Marinho possui graduação em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal de Minas Gerais (1983), mestrado em Artes Visuais pela Universidade Federal de Minas Gerais (1997) e doutorado em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo (2004). Atualmente é professor adjunto da Universidade Federal de Minas Gerais. Além de coordenador do grupo de pesquisa 1magináriO: poéticas computacionais, Chico Marinho desenvolve pesquisas em Comunicação com ênfase em Multimídia abordando temáticas como: cinema de animação, arte computacional, instalações interativas imersivas, multimídia, inteligência artificial e ilustração digital.

Ficha Técnica:
Grupo de Pesquisa 1maginári0
Coordenadores: Francisco Marinho e Jalver Bethônico
Pesquisadores: Marília Bergamo e Rosilane Mota
Bolsistas: Bruno Santos, Francisco Chaves e Lucas Junqueira
Consultoria Tecnológica: Dário de Moura

*******************************************************************************

SERVIÇO

LOCAL: ESPAÇO MARI`STELLA TRISTÃO (FCS / PALÁCIO DAS ARTES)
DATA: 30/06 a 12/07
HORÁRIOS: Segunda-feira: de 18h às 21h; Terça a sábado: de 9h30 às 21h; Domingo: de 16h às 21h (no dia 12/07 de 10h às 21h)

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Café & Artes – com Cao Guimarães

O c ineasta Cao Guimarães é o convidado da próxima edição do Projeto Café e Artes. No encontro ele fala sobre o tema “um novo olhar sobre o velho mundo” e discute sobre a relação entre cinema e artes plásticas. Para ilustrar esse olhar sobre o dia-a-dia, o artista apresentará seu mais recente trabalho, uma série fotográfica intitulada “Gambiarras”. O bate papo, que tem entrada gratuita, acontece nessa terça-feira, dia 30 de junho, às 19h30, no Mezanino da Livraria Café da Travessa.

Cao Guimarães já expôs seu trabalho em diferentes museus e galerias como Tate Modern, Guggenheim Museum, Museum of Modern Art NY, Gasworks, Frankfurten Kunstverein, Studio Guenzano, Galeria La Caja Negra e Galeria Nara Roesler, e participou da Bienal Internacional de São Paulo. Seus filmes já participaram de diversos festivais, como Festival de Locarno, Festival de Cannes, Festival Internacional de Documentários de Amsterdam – IDFA, Las Palmas de Gran Canaria International Film, Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, entre outros.

*********************************************************************************
SERVIÇO


Data: 30 de junho de 2009 (terça-feira)
Horário: 19h30
Informações: 3223-8092

SIANA BRASIL 2009

Nadador Virtual - Éder Santos

Nadador Virtual - Éder Santos Belo Horizonte recebe a Semana Internacional de Artes Digitais e Alternativas (SIANA 2009). Parte do calendário oficial do Ano da França no Brasil, o evento criado em 2005 pelo instituto Télécom & Management SudParis chega ao país numa realização conjunta da Cia. Luna Lunera e Universidade Federal de Minas Gerais, com patrocínio da Oi e Usiminas. A programação inclui espetáculos, exposições, oficinas e conferências, com participação de artistas e pesquisadores brasileiros e franceses. Todas as atividades serão gratuitas. Ela acontece no Palácio das Artes, entre os dias 30 de junho e 12 de julho.

Em sua terceira edição, a SIANA 2009 foi iniciada em março em Evry, na França, e será encerrada na China em outubro. O objetivo é exibir e promover a reflexão acerca das tecnologias digitais, seus usos e novas formas de arte, explorando a potencialidade do encontro entre a arte e as tecnologias de informação e comunicação através de dois eixos complementares: artístico e científico. O evento (cuja sigla mantém o termo original francês “artes numéricas”) tem como público-alvo pesquisadores, estudantes, artistas, empresas especializadas nesse ramo tecnológico e interessados pelo tema.

Programação - Galeria Mari'Stella Tristão

Narciso
Coordenação de criação: Chico Marinho

Anamorfose I
Artistas: André Mintz e Pedro Veneroso [projeto marginalia]

Polyphilo Tangível
Artistas: José Cabral Filho e Louise Pelletier

Alone
Artista: Henrique Roscoe

Standard Time
Artistas: Jörn Hintzer e Jakob Hüfner

Nadador Virtual
Artista: Eder Santos

Programação na Galeria Arlinda Corrêa Lima
The Uncertainty os Stars
Artista: Laurent Pernot

Particles
Artista: Laurent Pernot

Chronorama
Artista: Laurent Pernot

**********************************************************************************

SERVIÇO

Data: 30 de junho a 12 de julho
Horário: seg.: 18h às 21h / ter. a sab.: 9h30 às 21h/ dom. : 16h às 21h
Informações: (31) 3236-7400

Horizontes Urbanos - Último dia

Asier Zabaleta

Asier Zabaleta A mostra Horizontes Urbanos - Mostra Internacional de Dança em Paisagens Urbanas tem como objetivo penar a relação entre dança e arquitetura. Os espetáculos, que serão apresentados nas ruas, foram compostos especialmente para apresentação no meio urbano. O evento faz parte da rede internacional "CQD - Ciudades que Danzan" de Barcelona e acontece em BH de 24 a 28 de junho.

****************************************************************

SERVIÇO

Confira a programação do último dia:

Dia 28/06 - Domingo


"Dança para Árvore"
Gabriela Christófaro e Tarcísio Ramos Homem (BH)
Local: Praça do Papa
Horário: 10h
Duração: 30min


Mostra Incentivo
"Sinal de Vento"
Dança Jovem (BH)
Local: Praça JK - Av. Bandeirantes - Mangabeiras
Horário: 11h
Duração: 40min


"Intemperie"
Asier Zabaleta (Espanha)
Local: Casa do Baile
Horário: 13h
Duração: 15min

Série de Concertos no Parque

A Série Concertos no Parque realiza mais uma edição no dia 28 de junho. A Orquestra Sinfônica de Minas Gerais apresenta, com regência de Charles Roussin, obras de Grieg, Mozart e Strauss. A apresentação acontece às 10 horas.

PROGRAMA

W.A. Mozart
O Rapto do Serralho
Abertura
Concerto para Violino e Orquestra Nº 03, em Sol maior, K. 216
Allegro
Adagio
Rondean: Allegro

E. Grieg
Peer Gyunt ( trechos da 1ª Suite)
Amanhecer
Dança de Anitra
Na casa do Rei da Montanha

J. Strauss
O Danúbio Azul

****************************************************************************

SERVIÇO

Local: Parque Municipal Américo René Gianetti
Data: 28 de junho
Horário: 10h
Informações: (31) 3236-7400

sábado, 20 de junho de 2009

Projeto Zás – Rick e Roger

A p róxima edição do Projeto Zás, da AMLG, no dia 26 de junho, apresenta a dupla Rick e Roger. Formada há 4 anos por um goiano e um mineiro, a dupla deu certo e tem feito sucesso por onde passa, apresentando um repertório de qualidade, com um carisma e uma musicalidade que fazem o público cantar, dançar e sempre pedir bis. Em 2008, Rick e Roger lançaram seu primeiro CD, com releituras de clássicos da música sertaneja, canções em parceria com outros artistas e músicas de autoria própria. As músicas caíram no gosto do público, que sempre lota as apresentações da dupla. No Zás, os artistas apresentarão músicas caipiras de raiz, aliadas ao melhor da música sertaneja atual, tudo ao som da autêntica viola caipira.

*********************************************************************************
SERVIÇO
Data: 26/06
Horário: 12h
Informações: (31) 2108-7826
Espaço Político-Cultural Gustavo Capanema - Rua Rodrigues Caldas, 30 - Santo Agostinho -

Forró no Escuro

No dia 25 de junho, a banda Forró no Escuro, se apresenta às 17h30 na praça de serviços Campus da UFMG Pampulha.

A banda Forró no Escuro é composta por músicos cegos, todos ex-alunos de música do Instituto São Rafael de Belo Horizonte. Ela foi formada em 1998 e de lá para cá já realizou mais de 450 shows e gravou 03 CDs, sendo o primeiro um CD comercial, o segundo um CD ao vivo com uma demonstração de seus shows e o terceiro um acústico também com uma demonstração de seu trabalho. No Brasil, tem se apresentado em casas noturnas e eventos nos estados de Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro e Santa Catarina.

No exterior, em 2001, representou o Brasil no 2º Annual Turkey International Very Special Arts, em Istambul, na Turquia. A partir da Turquia estendeu sua estada na Europa e realizou uma tournée na Inglaterra apresentando shows em 3 casas noturnas de Londres (Havana Pub, Rocket e Bar Madri).

Em 2004 representou o Brasil no Vsarts Festival, em Washington, D.C., nos Estados Unidos.
O Forró no Escuro classificou-se para o Vsarst Festival, concorrendo com mais de 700 artistas de todo o mundo e foi a única banda da América latina selecionada.
No Vsarts Festival o Forró no Escuro fez duas apresentações no Apolo Stage (Palco Apolo) situado em espaço nobre na Union Station (Estação Central do Metrô da capital dos Estados Unidos).
Ainda em Washington a banda se apresentou para americanos no Bacid - Instituto Cultural Brasil Estados Unidos.
Um dos destaques em Washington foi a recepção à banda pela Embaixada Brasileira, sendo recebida pessoalmente pelo Exmo. Senhor Embaixador Brasileiro Roberto Abdenur e corpo diplomático das áreas de cultura e Assessoria de Imprensa.
De washington o Forró no Escuro fez uma tournée pela Costa Leste Norte-Americana, com shows em Newark, Boston e Hyanys, nas casas noturnas Palácio Europa, Plaza Garibaldi e Kendrik`s, além de El Boqueron em Mariland.
O Forró no Escuro tem levado a nossa arte e cultura para rincões no Brasil e para fora de nossas fronteiras.
O seu trabalho, além de oferecer ao público alegria e entretenimento, tem servido de espelho para outros portadores de deficiência e até mesmo para não portadores, ajudando-os a lutar para superar dificuldades e transpor barreiras.

*********************************************************************************

SERVIÇO

Data: 25/06 - quinta-feira
Horário: 17h30

Show de Olívia Byington e Lô Borges no Sesc MPB.com

Divulgação

Divulgação O projeto Sesc Mpb.com, traz a Belo Horizonte, neste domingo, 21 de junho, Olívia Byington, que vai dividir o palco com Lô Borges. A apresentação é às 11 horas no largo do teatro Francisco Nunes no Parque Municipal.

Juntos, Lô e Olívia vão interpretar três músicas: "Um Girassol da Cor do Seu Cabelo", "Vento de Maio" e "Trem Azul". E em suas apresentações solo, Olivia e Lô vão interpretar versões acústicas de algumas das canções de seus vastos repertórios.

Olivia Byington iniciou a sua carreira como vocalista no final da década de setenta na banda de rock Antena Coletiva, ao lado de Jacques Morelembaum. Foi, de imediato, considerada pelo crítico Sérgio Cabral como "a melhor cantora da sua geração".
Ao longo de sua carreira, lançou os discos "Anjo vadio" (1980), "Identidad" (1981), "Para Viver um Grande Amor" (1983), "Música" (1984), "Encontro" (1984) (Troféu Chiquinha Gonzaga), "Melodia Sentimental" (1986), "Olivia Byington e João Carlos Assis Brasil" (1990) e "A Dama do Encantado" (1997), este último em homenagem a Aracy de Almeida. Em 2003, lançou "Canção do Amor Demais", em que regravou o antológico disco gravado em 1958 por Elizeth Cardoso com canções de Tom Jobim e Vinicius de Moraes.

Lô Borges começou a compor na adolescência. Em 1972, assinou o clássico álbum Clube da Esquina ao lado de Milton Nascimento. Como compositor, teve suas canções gravadas por grandes intérpretes da MPB como Milton Nascimento, Simone, Nana Caymmi, Gal Costa, Elba Ramalho, Elis Regina, Ney Matogrosso. A cancão "Trem Azul" foi gravada por Tom Jobim em 1990 e regravada em 1994 numa versão em inglês feita pelo próprio Tom em seu disco Antônio Carlos Brasileiro Jobim.

*********************************************************************************

SERVIÇO

Data: 21/06 - domingo
Horário: 11h

terça-feira, 16 de junho de 2009

Domingo Colorê - 'Palhaços à vista'

Divulgação

Divulgação O projeto Domingo Colorê apresenta no dia 21 de junho o espetáculo "Palhaços à vista" concepção de Diogo Dias. A interação com o público e as improvisações marcam a apresentação, que conta com números de malabarismo, acrobacias, mágica e equilibrismo. Entrada gratuita.

O espetáculo começa com a chegada do artista, que se transforma em palhaço diante da platéia. Sapatões, calças largas, suspensório, chapéu, maquiagem e, finalmente, o nariz vermelho. A partir daí, o palhaço "Alegria Também" vai apresentar vários números de circo, criando uma relação de cumplicidade com o público.

A apresentação acontece às 17 horas, no 1° piso do Shopping Del Rey.

********************************************************************************

SERVIÇO

Data: 21 de junho
Horário: 17h

Domingo no MHAB - Continental Club Band

No dia 21 de junho, a banda Continental Club Band abre a temporada 2009 do projeto Domingo no MHAB, com uma deliciosa viagem no tempo, às 11h30, no palco ao ar livre do Museu Histórico Abílio Barreto (Av. Prudente de Morais, nº 202 - Cidade Jardim). Entrada franca.

Formado com o objetivo de reviver os grandes bailes e a Era de Ouro da música, o conjunto embala as plateias com ritmos como mambo e charlestone, sucessos de Frank Sinatra e Nat King Cole e muitas outras delícias de diferentes épocas. Estrelas nacionais como Carmem Miranda e Ataulfo Alves são homenageadas pela banda, que traz ainda ao palco ao ar livre do Museu as marchinhas dos antigos carnavais.

********************************************************************************

SERVIÇO

Data: 21/06 - Domingo
Horário: 11h30

Como se fabrica uma mulher? - Fórum + workshop com Intervenções Urbanas

Meninas Bonecas

Meninas Bonecas O Obscena, agrupamento independente de pesquisa cênica, realiza nos dias 19 e 20 de junho, no Centro Cultural da UFMG, Fórum + workshop Intervenções Urbanas (pacote de ações) com o tema "Como se fabrica uma mulher?"

Fruto da pesquisa realizada pelos pesquisadores, os experimentos performativos que serão apresentados no Fórum propõem uma ação interventiva no cotidiano social, com a perspectiva de provocar uma atitude ativa do espectador diante do acontecimento cênico-performativo.
Do agrupamento participam a dramaturga Nina Caetano, as atrizes Lissandra Guimarães, Erica Vilhena e Joyce Malta, o ator Saulo Salomão, os diretores Marcelo Rocco, Idelino Jr. e Clóvis Domingos, além do artista plástico João Alberto de Azevedo.

O Fórum: serão realizadas as intervenções e após, realizaremos um bate-papo (que costuma ter uma média de 1 hora de duração) com o público interessado.

Sexta-feira, dia 19 de junho:
Intervenção Mulheres Mortas, às 17 horas
A intervenção Mulheres Mortas será realizada nas imediações do Centro Cultural da UFMG - Praça da Estação, Praça Sete - um dia antes do workshop, servindo como mote para a discussão e apreensão dos elementos propostos no trabalho.

Intervenção Classificados: vendo-me por quilo, compre-me a prazo - às 18 horas
A intervenção Classificados: vendo-me por quilo, compre-me a prazo será realizada nas imediações da Praça 7 e da Praça da Estação, às 18 horas.

O workshop: Sábado, dia 20 de junho, das 9 ás 18 horas
Por meio do desenvolvimento de relações com objetos, espaços, corpos e narrativas, busca-se a criação de textualidades cênicas diversas, de ações performativas e de instalações/ocupações de lugares públicos. O workshop terá como tema: Como se fabrica uma mulher? (desculpe o transtorno, estamos trabalhando para você).

Formato do Workshop

Carga horária: 8 horas (distribuída em um dia de trabalho: manhã e tarde).
Número de vagas: 20 participantes
Destinado a: grupos teatrais, atores, performers, diretores, dramaturgos e profissionais afins.
Cada participante deverá trazer referências textuais (notícias de jornal, bulas de remédio, contos, frases) e objetos (embalagens de produtos, utensílios, peças de roupas) relativos ao tema proposto pelo workshop, ou seja, associados ao universo feminino e à mulher. Estes servirão de ponto de partida para a criação. Tais elementos deverão ser significativos, instigantes e provocadores para quem os escolhe. Os participantes deverão vir para o workshop com roupa confortável e neutra, apropriada ao trabalho corporal.

Atividades:
Derivas, caminhadas e outras ocupações de espaços públicos.
Improvisação com objetos.
Práticas de escrita. Jogos com narrativas e depoimentos pessoais. Edição textual.
Criação de roteiros de ações e células textuais. Instalação cênica das textualidades produzidas.

Desde março de 2008, o Obscena, agrupamento independente de pesquisa cênica, investiga experimentos performativos que têm como referência a invenção dos gêneros (especialmente da mulher) e que propõem a revisitação e reterritorização das relações entre o teatro e o espectador, o público e o privado, a teatralidade e a sociedade do espetáculo. A criação se dá em uma rede colaborativa, em que as experimentações se retroalimentam através não só de um diálogo constante entre os pesquisadores envolvidos, mas também por meio da participação do espectador/colaborador.
São eixos norteadores do Obscena o procedimento work in process, o conceito de instalação/ocupação de espaços públicos e urbanos, a gramática gestual e verbal da atuação rapsódica e um modelo não representacional de ações investigado a partir da obra do artista plástico Artur Barrio.

**********************************************************************************

SERVIÇO

Data: 19 e 20 de junho
Sexta-feira às 17h: Intervenção Mulheres Mortas e às 18h: Intervenção Classificados: vendo-me por quilo, compre-me a prazo
Sábado: Workshop das 9 ás 18 horas

Café & Artes - arte tradicional e a contemporânea

Para discutir de que maneira os novos ‘fazeres' artísticos convivem com os já tradicionais, o Projeto Café & Artes convidou a artista plástica e professora da UEMG e FUMEC, Sonia Labouriau para um bate-papo com o público. O encontro será na terça-feira, 16 de junho, às 19h30, no Mezanino da Livraria Café da Travessa (Rua Pernambuco, 1286 - Savassi) em Belo Horizonte (MG). A entrada é franca.

Vivemos em uma era de grande desenvolvimento tecnológico, principalmente na forma como o homem se comunica entre si. Diante desse movimento, o ser humano tem que se adaptar a essas novas formas de expressão. A internet, com suas redes sociais, e a facilidade de acesso à informação, vêm sendo um dos grandes agentes dessas mudanças.

Nos movimentos artísticos isso não é diferente. Desde a década de 1960, a arte tem sido marcada pela diversificação de meios e recursos. Surgiram a body art, os conceitos de apropriação e site-specific, os meios digitais, entre os quais se destacam o audiovisual, e a web art. Além da crescente tendência à interatividade, ainda temos a arte desmaterializada, arte processo, arte coletiva, em rede, entre muitas outras. Muitas pessoas garantem que as novas formas de se fazer e divulgar arte pode decretar o fim dos modos tradicionais. Mas, a verdade é que apesar de estarmos na era do download ainda existem os amantes do vinil.

Sonia Labouriau é formada em Artes Plásticas pela Escola Guignard (UEMG) e Mestre em Letras pela UFMG. Participou de exposições individuais em diversas galerias, como Galerie Anne de Villepoix, Grande Galeria do Palácio das Artes e Museu de Arte da Pampulha. Vencedora do Prêmio ICATU de Artes, leciona nos cursos de Graduação em Artes Plásticas e Educação Artística da Escola Guignard (UEMG) e no curso de pós-graduação em Design e Cultura da Universidade FUMEC.

O Café & Artes, coordenado pelo professor Guaracy Araújo, é uma iniciativa cultural do Centro Universitário UNA, em parceria com a Livraria Café da Travessa.

********************************************************************************

SERVIÇO

Informações: Livraria Café da Travessa (31) 3223-8092 // UNA (31) 3508-9133

sexta-feira, 5 de junho de 2009

Exposição: 'Entre Salões 1969 - 2000'


Os Salões de Arte são realizados em Belo Horizonte desde meados da década de 30, mas foi em 1969 que começaram a aceitar trabalhos de artistas de todo país e passarram a ser conhecidos como Salão Nacional de Arte Contemporânea de Belo Horizonte.

Os Salões se tornaram um importante espaço de apresentação das artes de vanguarda, além de promover o desenvolvimento da criação de novas gerações de artistas.
No período de 1969 a 2004 nomes como Amílcar de Castro, Marcos Coelho Benjamin, Ione Saldanha, Antônio Henrique Amaral, Maria do Carmo Vivacqua, Mario Zavalli, Antônio Poteiro, Manfredo de Souzanetto, Terezinha Soares, Lothar Charoux, Niura Bellavinha, Eder Santos e Franz Weissmann estiveram entre os premiados, merecendo exposição de obras.

Nesta exposição, o MAP apresenta o acervo adquirido nestes Salões por meio de prêmios concedidos aos artistas vencedores que em troca do valor recebido deixavam algumas obras para o museu.
Além de desenhos, pinturas, gravuras, esculturas e obras audiovisuais, o público pode conferir os catálogos das edições anteriores dos Salões, cartas, memoriais de montagem e documentos relacionados. Vídeos com depoimentos de curadores, funcionários do MAP e de artistas participantes dos Salões como Marina Nazareth, Solange Pessoa, Mario Zavallli, Jarbas Juarez, Chico Magalhães e Maria do Carmo Freitas também podem ser vistos pelos visitantes. Ao todo são expostas obras de 35 artistas.

O Salão sofreu modificações e adaptações devido às críticas exigências do mercado e demandas dos artistas, transformou-se recentemente em Bolsa Pampulha que oferece bolsas para jovens artistas desenvolverem seus trabalhos ao invés do prêmio em dinheiro.Estes jovens fixam residência na capital durante um ano e são acompanhados por um comitê especializado. O Bolsa Pampulha, que está em sua terceira edição e é realizado a cada dois anos, já contemplou 32 artistas.
Paralelo à mostra está em fase de finalização o livro sobre os 35 anos dos Salões Nacionais de Arte da Prefeitura de Belo Horizonte, com patrocínio da Petrobrás, via Lei Federal de Incentivo à Cultura, fruto de uma parceria do MAP e da Fundação Municipal de Cultura com a Associação de Amigos do Museu de Arte da Pampulha. A publicação, além de registrar as obras premiadas incorporadas ao acervo, contará com amplo ensaio histórico assinado pelo crítico de arte Marcio Sampaio, cronologia ilustrada e texto analítico sobre o processo de restauração do acervo.

A entrada é gratuita, com promoção da Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Fundação Municipal de Cultura e do Museu de Arte da Pampulha.

**********************************************************

Serviço:


Data: 06 de junho a 02 de agosto,
Horário: de terça a domingo, das 8h às 20h
Abertura: 06 de junho, sábado, às 11h
Local: MAP - Avenida Otacílio Negrão de Lima, 16.585, Pampulha.
Tel.:(31) 3277-7946

Entrada Franca.

quinta-feira, 4 de junho de 2009

Videocast Tô Zerado - YouTube

Para quem não está conseguindo ver pelo VIMEO, o postei também no YouTube.
Está dividido em 3 partes.

1ª parte do Videocast do Tô Zerado:


2ª parte do Videocast do Tô Zerado:


3ª parte do Videocast do Tô Zerado:


Por favor comentem e divulguem!
Sua participação e muito impotante para nós!

VIDEOCAST - Tô Zerado

1º Videocast do Tô Zerado, mostrando como as pessoas podem se divertir em Belo Horizonte e não gastar nada, quer ver então aperta PLAY.

Tô Zerado - Videocast from Adelio Garbazza on Vimeo.

8ª Feira do Vinil e CDs Independentes


A Feira do Vinil e CDs Independentes promovida pela Discoteca Pública que acontece de dois em dois meses segue para a sua sétima edição e conseguindo formar um grande público.

Tendo em vista que feiras deste tipo só acontecem no sul do país (Porto Alegre, Florianópolis, Curitiba e São Paulo), Belo Horizonte também merece entrar para o calendário de feiras neste setor. No sábado, dia 6 de junho com entrada gratuita, acontece a 8ª Feira do Vinil e CDs Independentes, das 10 às 18 horas, na sede da Discoteca Pública (Rua Machado, 207 - Floresta - BH).

*********************************************************************

SERVIÇO:

Local: Discoteca Pública - Rua Machado, 207 - Floresta - BH
Data: 08/06/2009
Horário: Das 10:00 às 18:00 h.
Informações: www.discotecapublica.com.br
ENTRADA FRANCA

2º Podcast do Tô Zerado

É só clicar no play! E de graça!

terça-feira, 2 de junho de 2009

'Saneamento Básico' - O Filme


No dia 5 de junho, o Centro Cultural Vila Marçola, exibe a comédia brasileira- Saneamento Básico às 19 horas, com entrada franca.

Sinopse - Em uma pequena vila de descendentes de colonos italianos na serra gaúcha, a construção de uma fossa para o tratamento do esgoto é uma emergência antiga e sempre ignorada pelas autoridades. Uma comissão resolve pleitear a obra por meio dos recursos da subprefeitura. No entanto, são informados de que não há verba para saneamento básico mas que existe uma sobra para a produção de um vídeo. O grupo resolve então fazer um vídeo sobre o saneamento básico.

O filme conta com um super elenco: Fernanda Torres, Wagner Moura, Camila Pitanga, Bruno Garcia, Paulo José, Tonico Pereira, Lázaro Ramos, Janaína Kremer, Lúcio Mauro Filho, Zéu Britto.
Visite o site oficial do filme: http://www.saneamentobasicoofilme.com.br/

***************************************************************

SERVIÇO:

Data: 05/06 - sexta-feira
Horário:19h
Local:Centro Cultural Vila Marçola - Rua Mangabeira da Serra, 320, bairro Serra

ENTRADA FRANCA

segunda-feira, 1 de junho de 2009

Cidade Melodia

O projeto "Cidade Melodia", embala as tardes e noites das praças de alimentação do Shopping Cidade com o melhor do MPB, rock, pop, bossa nova, entre outros. Todos os shows têm entrada gratuita. De segunda a sábado, começam às 18h e vão até 21h30. Aos domingos, ocorrem das 17h às 20h30.

Confira a programação:

03/06 - Quarta-feira
Praça de Alimentação Tupis Karina Maky
Praça de Alimentação Goitacases Paulinho Tigre

04/06 - Quinta-feira
Praça de Alimentação Tupis Paulinho Tigre
Praça de Alimentação Goitacases Rodrigo Ribeiro

05/06 - Sexta-feira
Praça de Alimentação Tupis Érika Wilson
Praça de Alimentação Goitacases Maurício Moreira

06/06 - Sábado
Praça de Alimentação Tupis Fábio Miranda
Praça de Alimentação Goitacases Tiago Miranda

07/06 - Domingo
Praça de Alimentação Tupis Jimmy do Brasil
Praça de Alimentação Goitacases Renato Coelho

08/06 - Segunda-feira
Praça de Alimentação Tupis Serginho Martinelli
Praça de Alimentação Goitacases Aurélio Leal

09/06 - Terça-feira
Praça de Alimentação Tupis Paulinho Tigre
Praça de Alimentação Goitacases Serginho Martinelli

10/06 - Quarta-feira
Praça de Alimentação Tupis Aurélio Leal
Praça de Alimentação Goitacases Karina Maky

*************************************************************************

SERVIÇO

Data: de 03 a 10 de junho
Horário: segunda a sábado, de 18h às 21h30; domingo, de 17h às 20h30



Exposição de Bonzai na Lagoa do Nado

No dia 05 de Julho, na varanda

do0 casarão do Centro de Cultura Lagoa do Nado será montada em parceria com a ONG Ministério Programa Criança Feliz uma Exposição de Bonzai. A mostra traz miniaturas de várias espécies cultivadas em pequenos vazos.
**************************************************
SERVIÇO:
LOCAL DO EVENTO: Centro de Cultura Lagoa do Nado
ENDEREÇO: Rua Ministro Hermenegildo de Barros, 904 Bairro Itapoã.
DATA: 05/06/2009
HORÁRIO: 09 ás 17h
ENTRADA FRANCA.